Setepla Tecnometal e Schulitz: Remodelação do Estádio Fonte Nova, Salvador

Em Salvador, estádio desenhado por Diógenes Rebouças na década de 1950 ganhará novo anel superior e nova cobertura. Além disso, sua capacidade, atualmente de 60 mil expectadores, perderá cinco mil lugares

Ao final de 2007, quando o desabamento de parte das arquibancadas no anel superior matou sete pessoas, especulou-se que a demolição talvez fosse a melhor solução para o Estádio Otávio Magabeira (conhecido como Fonte Nova), em Salvador. A hipótese não se confirmou: o conjunto será recuperado em algumas áreas, reconstituído em outras e modernizado em toda a sua estrutura para poder receber jogos da Copa de 2014, caso a capital baiana seja escolhida como uma das cidades-sede.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Por apenas R$ 2,99 mensais, você tem acesso ao conteúdo completo do acervo da revista PROJETO, com mais de 8.000 obras, projetos, entrevistas e artigos

Assine por R$ 2,99 mensaisJá sou assinante