(Foto: Leonardo Finotti)

Estudio Tupi: Loja Neeche, São Paulo

Tratados como objetos preciosos, os frascos de perfumes da loja Neeche são imersos em atmosfera etérea. Contrapõe-se a aparente materialidade robusta de expositores em forma de coluna com a transparência e a luminosidade homogênea em torno dos nichos de parede, de modo a sobressaírem os pequenos objetos na dinâmica do projeto

O fio condutor do projeto desta loja de perfumes especiais é a ideia de nicho, tanto no seu desdobramento espacial – o vão aonde se guardam coisas – quanto de mercado – o foco em determinado tipo de produto. Unindo ambas as acepções da palavra está a referência a um pormenor da coluna de uma das ordens clássicas gregas arquitetônica, a jônica, onde a junção das concavidades circulares se dá através de filetes retilíneos. A citação, como em outros projetos do Estudio Tupi que publicamos na PROJETO, se dá no campo da livre apropriação de imagens que, disseminadas à exaustão, têm já vida autônoma, dissociada da sua origem. Assim, na Neeche, localizada no Shopping Iguatemi, em São Paulo, a referência à arquitetura antiga é intencionalmente um flerte superficial, ainda que as ideias de tradição e antiguidade sejam bem vindas no imaginário da marca.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Por apenas R$ 2,99 mensais, você tem acesso ao conteúdo completo do acervo da revista PROJETO, com mais de 7.000 obras, projetos, entrevistas e artigos

Clique e assineJá sou assinante