(Foto: Georges Fessy)

Dominique Perrault: Biblioteca Nacional da França, Paris

A simplicidade aparente oculta os esforços de uma arquitetura que encara a realidade da matéria bruta.

Última das grandes realizações do falecido presidente Mitterrand, a nova Biblioteca Nacional da França, inaugurada por ele no ano passado – embora ainda não aberta totalmente ao público -, é a maior obra parisiense do fim do século. Ela faz parte de um conjunto de edificações destinadas a distribuir de maneira mais equilibrada importantes equipamentos públicos situados na capital francesa, incentivando sua expansão para leste, no bairro de Bercy.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Por apenas R$ 2,99 mensais, você tem acesso ao conteúdo completo do acervo da revista PROJETO, com mais de 8.000 obras, projetos, entrevistas e artigos

Assine por R$ 2,99 mensaisJá sou assinante