Debates sobre o desenvolvimento hoteleiro

(Ilustração: Paulo Caruso)

Desenvolvimento da hotelaria
requer melhor distribuição de renda

Quando o governo instituiu o depósito obrigatório de 22 mil cruzeiros para quem quisesse fazer turismo fora do Brasil, argumentou-se que essa medida — além de economizar divisas para o país — ajudaria a desenvolver o turismo interno. Contudo, pelo menos para os brasileiros, isso ainda é muito caro. As grandes distâncias — às vezes, só cobertas por avião —, a deficiência, o preço de outros meios de transporte que não os ônibus e as distorções da política hoteleira brasileira tornam bastante difícil, para o brasileiro médio, viajar aqui dentro.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Por apenas R$ 2,99 mensais, você tem acesso ao conteúdo completo do acervo da revista PROJETO, com mais de 7.000 obras, projetos, entrevistas e artigos

Clique e assineJá sou assinante