Croce, Aflalo & Gasperini: Sede administrativa da Hoechst, São Paulo

Arquitetura sólida e novas técnicas construtivas.

Seguindo os parâmetros considerados fundamentais para esse projeto – eficiência, racionalidade e custos -, o edifício-sede da Hoechst adota uma arquitetura considerada limpa, racional e sólida. O partido foi pensado em função de se obter o máximo de superfície aberta para o exterior e maior área interna livre. Dessa forma, previu-se um núcleo central alongado para as atividades de serviço (elevadores, escadas, sanitários etc.) e pilares externos ao corpo do edifício, o que liberou os pavimentos internamente, garantindo maior flexibilidade para o layout. Sua altura, relativamente baixa (nove pavimentos mais o térreo, um subsolo e um pavimento técnico na cobertura), garante a boa integração com o entorno, um terreno extenso que abriga os estacionamentos e jardins.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Por apenas R$ 2,99 mensais, você tem acesso ao conteúdo completo do acervo da revista PROJETO, com mais de 7.000 obras, projetos, entrevistas e artigos

Clique e assineJá sou assinante