(Foto: Eduardo Aigner)

Crítica com critério: nem verdades imperativas, nem achismo vale-tudo | Por Carlos Eduardo Dias Comas

A crítica, como a arquitetura, é um ofício. Exercido implicitamente por todo arquiteto, que ao fazer arquitetura faz necessariamente crítica, nem por isso não necessita do estudo exaustivo que ultrapasse as generalizações para chegar à arquitetura ela mesma.

A crítica, como a arquitetura, é um ofício. Exercido implicitamente por todo arquiteto, que ao fazer arquitetura faz necessariamente crítica, nem por isso não necessita do estudo exaustivo que ultrapasse as generalizações para chegar à arquitetura ela mesma.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Por apenas R$ 2,99 mensais, você tem acesso ao conteúdo completo do acervo da revista PROJETO, com mais de 7.000 obras, projetos, entrevistas e artigos

Clique e assineJá sou assinante