Coutinho, Diegues e Cordeiro Arquitetos: Referência na modernidade

Coutinho, Diegues e Cordeiro buscam a síntese entre eficiência profissional e arquitetura de vanguarda

É comum referir-se aos anos 70 como um período difícil para a formação e o ensino da arquitetura e aos anos 80 como a década perdida. Entre as exceções a essa possível regra está o escritório carioca formado por Aníbal Coutinho, Lourenço Diegues Filho e Antônio Paulo Cordeiro. Começaram sua trajetória profissional em 1981, recém-saídos da universidade, projetando pequenas obras – sobretudo lojas em shopping centers, programa que iniciava então um período de intensa expansão.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Por apenas R$ 2,99 mensais, você tem acesso ao conteúdo completo do acervo da revista PROJETO, com mais de 7.000 obras, projetos, entrevistas e artigos

Clique e assineJá sou assinante