Os nomes dos imigrantes que fundaram a cidade estão eternizados com marcações a laser nos novos bancos da praça (Foto: Divulgação/mmcité)

Conteúdo mmcité:
Mobiliário que conta histórias

Mais do que simplesmente fornecer as peças de mobiliário para a requalificação da Praça Jardim dos Imigrantes, em São Bento do Sul (SC), a mmcité ajudou a preservar a memória da cidade: os novos bancos têm marcados a laser os nomes dos primeiros habitantes que chegaram à região.

Patrocinado

A antiga Praça Getúlio Vargas, no centro de São Bento do Sul (SC), tem nova identidade desde outubro de 2020. Seu visual foi aperfeiçoado por obras de requalificação, que também garantiram a acessibilidade do local. Acompanhada da paisagem repaginada, veio a mudança de nome para Jardim dos Imigrantes – homenagem aos 70 imigrantes que inicialmente chegaram à região e receberam lotes para cultivar. A distribuição das terras é o evento histórico que marca o surgimento do município e ocorreu onde hoje está a praça.

Esse momento tão importante está eternizado em algumas das peças de mobiliário que a mmcité forneceu para o projeto. Os bancos da linha Vera receberam inscrições a laser nos encostos, com os nomes dos primeiros imigrantes da cidade e a data de chegada deles, em 1873. As peças se tornaram ponto turístico e recebem visitas de moradores locais que procuram registros de seus familiares. Quando encontram, muitos deles ficam orgulhosos e aproveitam para fazer fotos e publicá-las nas redes sociais. Além dos assentos marcados, a praça recebeu outras peças da mmcité. São os bancos das linhas Miela, Port e Pixel; os balizadores Mielon; os protetores de árvores Arbottura; as lixeiras Minium; as floreiras Florium; os bebedouros Hydro; e as mesas Tably, que são acessíveis e receberam marcações a laser que criam tabuleiros para jogos de dama ou xadrez. Com essa coleção de produtos, a Praça Jardim dos Imigrantes é um dos projetos com a maior variedade de soluções da empresa, que tem sua fábrica instalada justamente na cidade.

 

Os bancos se transformaram em ponto turístico (Foto: Divulgação/mmcité)

 

O novo mobiliário tornará ainda mais agradáveis as diversas festas germânicas típicas do município que acontecem na praça, como a Stammtisch, em que os moradores montam barracas e passam o dia todo fazendo piquenique.

A demanda pela requalificação da praça existia desde 2017 e, após a elaboração do projeto e a emissão de autorizações, as obras começaram em dezembro de 2019. Os trabalhos foram comandados pela prefeitura, com recursos próprios e oriundos do OGU — convênio com a Caixa Econômica Federal.

 

As floreiras Florium na praça (Foto: Divulgação/mmcité)

 

As lixeiras Minium são algumas das diversas peças da mmcité no projeto (Foto: Divulgação/mmcité)

 

Os projetos arquitetônicos, o desenho urbano e o paisagismo são assinados pelos arquitetos Ricardo Callado, Rodrigo Matos e Kelly Thiemann. A revitalização partiu da ideia de valorização do coreto como ponto focal. Ao redor do espaço, foi criada uma área circular que remete ao desenho original da praça. Esse setor conta com um abrigo coberto, peças de mobiliário e vegetação — com espécies adequadas para a arborização urbana. Bicicletários foram instalados em pontos estratégicos para melhorar o acesso. Já a acessibilidade está garantida com os pisos antiderrapante e tátil, além do mapa tátil, dos bebedouros e dos banheiros acessíveis.

Veja o vídeo deste projeto

 

 

www.mmcite.com.br