(Foto: Divulgação Grupo Saint-Gobain)

Conteúdo Grupo Saint-Gobain:
Inovação e sustentabilidade

Grupo Saint-Gobain aposta em soluções inovadoras e sustentáveis para os segmentos de construções leves, isolamento termoacústico, acústica de ambientes, sistemas de coberturas e químicos para construção.

Patrocinado

Cuidar do planeta e das pessoas é o objetivo da Saint‑Gobain Produtos Para Construção, com marcas que são referência mundial no desenvolvimento de soluções para o mercado da construção civil. Através da quartzolit, Brasilit, Placo, Ecophon, Isover, Sonex e OWA, o grupo aposta em produtos que fogem da alvenaria tradicional e ajudam na construção de um mundo melhor, buscando a sustentabilidade e a inovação para atingir seus objetivos. “A sustentabilidade é um de nossos pilares. A meta do grupo Saint‑Gobain é reduzir em 20% a emissão de CO2 até 2025”, explica Carlos Henrique Mattar, Diretor Comercial de Soluções Técnicas. “Entre as nossas prioridades estão a diminuição dos impactos socioambientais do setor, o aumento da eficiência das edificações, a otimização dos custos, a melhoria de conforto e segurança nos ambientes internos, assim como a promoção da saúde e a valorização das relações humanas”, completa.

O Grupo também investe em ações de reflorestamento, que já neutralizou cerca de 130 toneladas de CO2 na atmosfera. Além disso, iniciou a implementação de carros elétricos em sua frota para a entrega dos produtos.

Para auxiliar os seus clientes a desenvolver soluções que viabilizem a transformação da indústria da construção em direção à sustentabilidade, a Saint‑Gobain é membro do GBC – Green Building Council -, uma instituição independente e sem fins lucrativos, que atua em todas as fases de uma edificação, com o intuito de promover a sustentabilidade, sendo referência no movimento internacional Green Building. Como membro, os produtos das marcas geram créditos para a certificação LEED – Leadership in Energy and Environmental Design (em português, significa Liderança em Energia e Design Ambiental).

Além de sustentabilidade, a Saint‑Gobain trabalha muito forte o pilar de inovação, com uma equipe de P&D (Pesquisa e Desenvolvimento) dedicada e com apoio do centro de Pesquisa e Desenvolvimento, localizado em Capivari, São Paulo. A empresa procura acelerar a inovação de seus negócios no Brasil e na América Latina, buscando aperfeiçoar e desenvolver soluções inovadoras que visam atender às necessidades do mercado. Como alternativas sustentáveis, a empresa aposta nos segmentos de construção a seco, isolamento térmico e acústico, coberturas e linhas de concreto para o futuro das marcas.

 

 

Linha quartzolit Profissional

(Foto: Divulgação Grupo Saint-Gobain)

A quartzolit tem uma linha completa dedicada a soluções técnicas, que vai desde impermeabilizantes até reparos, proteção e reforços em estruturas de concreto, prolongando a vida de uma construção e economizando os recursos naturais que precisariam ser empregados em uma nova obra.

O portfólio atende a diversos tipos de obras, desde pontes e rodovias até a construção e a manutenção de moinhos de energia eólica, como é o caso do produto Graute 100, uma solução de microconcreto com alta fluidez e resistência. 

Atualmente, as torres de energia eólica são responsáveis por 9,5% de toda a matriz energética do país, segundo o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), porém há expectativas de que essa capacidade instalada cresça 35% até o ano de 2024. Por ser um tipo de energia limpa em crescimento no país, a Saint‑Gobain vem investindo no desenvolvimento de suas linhas de produto para atender a essa nova demanda.

 

 

Light Steel Frame e Construção Modular

(Foto: Divulgação Grupo Saint-Gobain)

A construção leve e sustentável é um mercado inovador que está ganhando cada vez mais espaço no Brasil e no mundo. Por garantir maior agilidade à obra e ser mais sustentável, é um sistema amplamente utilizado em países como Estados Unidos, Suécia e Japão, substituindo as formas tradicionais de construção. A Saint‑Gobain entrou para esse mercado em 2002 e, desde então, é referência, graças à sua vasta experiência com esse padrão construtivo.

Neste mercado são trabalhadas as linhas de produtos da Placo, com o sistema Glasroc para fachadas, e da Brasilit, com as placas cimentícias.

As soluções diminuem os prazos de entrega da obra (se comparadas a uma construção tradicional com alvenaria), além de reduzirem o canteiro, já que o desperdício do drywall não passa de 5%, contra 25% dos sistemas tradicionais. Além disso, o gasto é dez vezes menor com o transporte de materiais e circulação de empilhadeiras. Também trazem economia na energia usada para levar as peças aos andares, em comparação com as soluções do método tradicional.

Ao longo dos últimos anos, por meio de parcerias com construtoras, as marcas do Grupo estão presentes em diversos projetos, desde obras de residências populares até condomínios de luxo, atendendo às diferentes necessidades construtivas do mercado.

“A construção leve e sustentável é o futuro da construção civil. É mais limpa, sustentável e ágil. Ainda facilita a obra e futuros reparos”, explica Guilherme Oliveira, Chefe de Produtos da Saint‑Gobain. “Vemos muito potencial nesse mercado, que ainda é embrionário no Brasil”, completa.

 

 

Construção a seco

(Foto: Divulgação Grupo Saint-Gobain)

Já para as divisões internas em construção a seco, a Saint‑Gobain tem um amplo catálogo de soluções da marca Placo. A empresa oferece produtos resistentes à umidade e a impactos (como a placas Performa RU) ou até ao fogo (como é o caso da Placa RF).

A construção a seco gera, em média, apenas 5% de resíduo. Isso é 15% a menos do que na alvenaria convencional. Além disso, é mais prática de transportar, gerando economia de gasolina e menos poluição ao meio ambiente.

Enquanto uma obra feita com tijolos e argamassa consome 8 litros de água por metro quadrado, uma construção com drywall usa apenas 1 litro de água por metro quadrado

O drywall da Placo gera menos entulho, é reciclável, minimiza o desperdício de água e gera o aumento de produtividade na obra, além de ser versátil e resistente. Os produtos garantem mais sustentabilidade ao mercado de construção civil.

A Saint‑Gobain também desenvolve diversas ações para reduzir impactos ambientais, como o projeto de economia circular em parceria com a construtora Trisul: a Placo recolhe as placas de gesso remanescentes, que são transformadas em novas placas de drywall.

 

 

Isolamento térmico e acústico

(Foto: Divulgação Grupo Saint-Gobain)

Ainda no mercado de construção a seco, é muito importante levar em consideração nos projetos as questões de isolamento térmico e acústico. Para isso, a marca Isover atende o mercado com a lã de vidro, que serve de recheio para o drywall, sendo utilizada em paredes, forros e divisórias. É desenvolvida a partir de vidro reciclado e garante conforto térmico, fazendo com que se economize energia com ar‑condicionado e climatizadores. A lã de vidro ainda é responsável pelo isolamento acústico, trazendo mais conforto a obras de diferentes segmentos. Além da construção civil, a Isover é referência em isolamento térmico e acústico em outros segmentos, como isolamento para indústrias, ar-condicionado e outros.

 

 

Acústica & Design

(Foto: Divulgação Grupo Saint-Gobain)

A Saint‑Gobain também tem um portfólio de Acústica & Design, desenvolvido para atender às demandas de condicionamento acústico. Os materiais são focados na absorção de ondas sonoras, reduzindo a reverberação de ruídos e auxiliando no bem-estar das pessoas.

Para atender aos diversos projetos, as marcas Placo, Ecophon, Sonex e OWA contam com diversas soluções que se adaptam facilmente à estética do ambiente, já que conta com produtos que podem ser personalizados, tanto no formato quanto nas cores, dando possibilidades criativas aos arquitetos e consultores acústicos.

 

 

Coberturas

(Foto: Divulgação Grupo Saint-Gobain)

A Brasilit é a responsável por desenvolver telhas tecnológicas que garantem melhor performance térmica. Como exemplo, a TopComfort, que promove uma redução de até 8°C na temperatura dos ambientes internos, sendo desenvolvida a partir de uma tecnologia patenteada pela Saint‑Gobain.

As telhas da marca são conhecidas por sua qualidade e fazem com que a luminosidade incidida na cobertura seja refletida, o que diminui a incidência de calor nos ambientes internos das construções, auxiliando na economia de energia e na climatização dos ambientes. As soluções podem ser utilizadas em diversos tipos de construção, como residências, comércios, espaços esportivos, escolas, indústrias, agronegócio, entre outros.

 

 

 

www.saint-gobain.com.br