(Foto: Andrés Otero)

Conteúdo Arthur Decor:
Protótipos viabilizaram o projeto

Arthur Decor adaptou soluções para proteção solar.

Patrocinado

Duas águas em vidro respondem pela cobertura do restaurante Le Jardin no complexo Cidade Matarazzo. Para evitar a incidência solar direta no ambiente, e o consequente desgaste do mobiliário e dos elementos decorativos, a Arthur Decor forneceu 220 metros quadrados da tela solar da Hunter Douglas com composição de fibra de vidro e PVC. As lonas formam ondas sob a superfície de vidro e deixam entrever o exterior. Com fator de abertura de 5%, o produto assegura 95% de proteção solar e 78% de reflexão do calor.

A tela em si já é conhecida no mercado, mas a forma ondulada com que foi utilizada neste projeto é singular. “O desafio técnico era aliar um produto tecnológico, feito para aplicações tensionadas, e adaptá-lo ao conceito mais romântico da decoração. Quatro protótipos foram desenvolvidos e enviados às equipes de arquitetura de interiores no Brasil e na França para validar o desenho e proporção da onda que a tela formaria sob a cobertura”, conta Arthur Fehlauer, CEO da Arthur Decor.

 

Vista externa da cobertura do Le Jardin (Foto: Andrés Otero)

 

No restaurante Le Jardin, a cobertura em duas águas de vidro recebeu tela de proteção solar. A aplicação ondulada deu o efeito romântico esperado (Foto: Andrés Otero)

 

Para viabilizar o projeto foi necessário compatibilizar a infraestrutura elétrica e de incêndio fixada no teto para permitir o encaixe dos quadros que sustentam a tela. “Também desenvolvemos sistemas de fixação customizados para este projeto, compatibilizando o projeto francês aos fornecedores do Brasil e garantindo o atendimentos às normas do Corpo de Bombeiros”, completa Fehlauer.

Outra solução personalizada da Arthur Decor pode ser vista no rooftop do antigo prédio da maternidade, onde se localiza a segunda piscina do Hotel Rosewood. Nesse ponto foram instaladas oito pérgolas retráteis para criar uma área sombreada. O material utilizado é um tecido poliéster de alta resistência da Stobag, desenvolvido originalmente para proteção contra chuva. As pérgolas trabalham de modo independente, com vigas e trilhos apoiados na estrutura metálica preexistente. “Da mesma forma que no Le Jardin, o tecido deveria ficar mais ondulado para ter um efeito mais romântico”, comenta o CEO. Foram dois protótipos para o cliente autorizar a produção das pérgolas retráteis. A ideia era formar um ritmo de 91,3 centímetros entre os gomos, enquanto o normal é 45 centímetros. O parecer técnico do fabricante indicou que a aplicação fora do padrão só seria viável com a remoção da proteção contra a chuva, deixando o tecido mais maleável e permeável. “Fizemos um caimento nas extremidades dos tecidos para evitar o acúmulo de água no tecido quando exposto à chuva. Com isso unimos a necessidade estética do cliente com a necessidade técnica do fabricante”, detalha Fehlauer. 

 

Foto aérea mostra o pergolado da piscina no rooftop do antigo prédio da maternidade (Foto: Andrés Otero)

 

A cobertura ondulada em tecido poliéster oferece uma área sombreada junto à piscina do rooftop (Foto: Divulgação/Cidade Matarazzo)

 

Esses fornecimentos só foram possíveis pela competência da Arthur Decor em adaptar os produtos de acordo com as demandas do cliente, o que não é comum no mercado. As personalizações ficaram a cargo do departamento de arquitetura da Arthur em parceria com os departamentos de engenharia da Stobag.

O prazo para desenvolvimento de ambos os projetos, incluindo as etapas de compatibilização e aprovação de protótipos, foi de 15 meses; depois disso, produção e instalação foram concluídos em apenas 45 dias.

 


www.arthurdecor.com