Condephaat: concurso no interior paulista

No segundo semestre de 2012, a Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo promoveu, por meio do Condephaat (órgão estadual de defesa do patrimônio), um concurso de projetos para a revitalização e o restauro de três imóveis tombados em diferentes cidades do interior paulista

A comissão julgadora presidida pelo arquiteto Marcelo Ferraz, do estúdio Brasil Arquitetura, escolheu os trabalhos dos escritórios SIAA, de César Shundi Iwamizu, para a Casa Caramuru (Ribeirão Preto); Centro Arquitetura, de Carlos Ferrata, para a Casa do Imperador (Itapura); e AA Arquitetos Associados, de Antônio Carlos Barossi e Paula Dedecca, em parceria com o ArcFaggin, de Caio Faggin, e com Denise Invamoto, para o Sobrado Coronel Esmédio (Porto Feliz).

Conteúdo exclusivo para assinantes

Por apenas R$ 2,99 mensais, você tem acesso ao conteúdo completo do acervo da revista PROJETO, com mais de 7.000 obras, projetos, entrevistas e artigos

Clique e assineJá sou assinante