Ciro Pirondi: Pavilhão de convenções, Guarujá (SP)

O pequeno pavilhão para convenções na praia da Enseada, Guarujá, a cerca de cem quilômetros da capital paulista, projetado pelo arquiteto Ciro Pirondi, foi criado junto a uma residência (ora adaptada) e erguido na parte do terreno onde existia uma construção secundária (demolida). A antiga casa pode, eventualmente, hospedar os participantes das convenções, mas não funciona como hotel.

Diferenciando-se das edificações existentes, o pavilhão valoriza o conjunto com uma implantação precisa, abrindo-se para o pátio existente que circunda a piscina. Diante da necessidade de rapidez (seis meses entre projeto e obra), o espaço foi praticamente montado com peças pré-fabricadas, da estrutura aos fechamentos. Marcada pela horizontalidade, a construção possui a simplicidade formal e tipológica que remete a alguns  espaços construídos por Mies van der Rohe (por exemplo, a casa Farnsworth, de 1945, Illinois, EUA) ou mesmo por alguns de seus discípulos, como o norte-americano Craig Ellwood (que projetou a célebre casa Rosen, de 1961-62, na Califórnia, EUA).

Conteúdo exclusivo para assinantes

Por apenas R$ 2,99 mensais, você tem acesso ao conteúdo completo do acervo da revista PROJETO, com mais de 8.000 obras, projetos, entrevistas e artigos

Assine por R$ 2,99 mensaisJá sou assinante