Hotel Explora, Patagônia chilena, arqs. Ovalle e del Sol

Chile, anos 90: fragmentos de suas arquiteturas, após quase uma década de prosperidade econômica

É difícil para um arquiteto brasileiro entrever possíveis rumos de um país mais estável se olhar para nações que diferem fundamentalmente de nós. Talvez seja mais fácil olhar para o lado e reconhecer a arquitetura de um país latino-americano - o Chile - que há uma década desfruta de um bom grau de estabilidade e crescimento econômico.

De mistura com velhas legislações autoritárias e novas aberturas econômicas, a arquitetura chilena se destaca pela qualidade e seriedade. As obras aqui apresentadas, com uma exceção, são citadinas, sem nunca desconhecer a poderosa paisagem andina, presença ineludível em todo Chile – mais marcante ainda no Hotel Explora, em plena Patagônia. Com sensibilidade e habilidade, já demonstradas em projetos anteriores – como no pavilhão do Chile para a Expo 92, em Sevilha, Espanha -, os arquitetos daquele hotel conseguiram elaborar um projeto que não interfere no entorno, considerado patrimônio natural da humanidade.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Por apenas R$ 2,99 mensais, você tem acesso ao conteúdo completo do acervo da revista PROJETO, com mais de 8.000 obras, projetos, entrevistas e artigos

Assine por R$ 2,99 mensaisJá sou assinante