Conteúdo Roll On: Vão livre, sobrecarga e arquitetura em estrutura metálica

Em localização privilegiada da cidade do Rio de Janeiro, a Sociedade Hípica Brasileira, construída no fim da década de 1930, tem vista para o Cristo Redentor e a lagoa Rodrigo de Freitas. Para se adequar ao entorno e sediar as competições hípicas indoor dos jogos olímpicos de 2016, o clube recebeu modificações em sua estrutura: passou do concreto modernista ao aço contemporâneo. As alterações só foram possíveis graças ao Sistema Roll-on, estado da arte em coberturas metálicas

A Sociedade Hípica Brasileira – mais antigo clube de hipismo da capital fluminense, criado em 1938 – conta com 54 mil metros quadrados de área construída. O conjunto necessitava de uma estrutura capaz de abrigar competições hípicas indoor na área do segundo picadeiro – nomeado Eloy Menezes e construído em 1990 – para sediar as disputas que seriam realizadas nos Jogos Olímpicos de 2016.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Por apenas R$ 2,99 mensais, você tem acesso ao conteúdo completo do acervo da revista PROJETO, com mais de 8.000 obras, projetos, entrevistas e artigos

Assine por R$ 2,99 mensaisJá sou assinante