A Casa Contemporânea apresentada na Fehab recebeu mantas isolantes nas paredes e teve esquadrias em alumínio e portas em madeira; o acabamento externo foi em pintura texturizada

Casa Contemporânea (Fehab, ano 2000)

A Casa Contemporânea Brasileira (CCB), em sua quarta versão, montada na Fehab 2000, em São Paulo, busca disseminar no Brasil a chamada construção seca, baseada na industrialização intensiva, ainda incipiente no Brasil

Modalidade construtiva muito utilizada nos EUA, de onde veio a inspiração para sua introdução aqui, a construção seca propõe aplicar às obras residenciais a rapidez e a precisão de setores industriais mais avançados: trata o canteiro como uma linha de montagem, juntando diversos sistemas ou produtos industrializados, compatíveis entre si, já existentes no Brasil.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Por apenas R$ 2,99 mensais, você tem acesso ao conteúdo completo do acervo da revista PROJETO, com mais de 8.000 obras, projetos, entrevistas e artigos

Assine por R$ 2,99 mensaisJá sou assinante