Carlos Porto, Gilson Santos, Geraldo Lopes e José Raymundo Gomes: Estádio, Rio de Janeiro, RJ

Arcos de aço atirantam a cobertura suspensa

De oficina ferroviária a arena esportiva: também conhecido como Engenhão, o Estádio Olímpico João Havelange foi construído em terreno de quase 200 mil metros quadrados onde antes funcionavam galpões de manutenção de trens, em Engenho de Dentro, bairro da zona norte do Rio de Janeiro. A transformação foi orquestrada a partir de projeto dos arquitetos Carlos Porto, Gilson Santos, Geraldo Lopes e José Raymundo Ferreira Gomes.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Por apenas R$ 2,99 mensais, você tem acesso ao conteúdo completo do acervo da revista PROJETO, com mais de 8.000 obras, projetos, entrevistas e artigos

Assine por R$ 2,99 mensaisJá sou assinante