Fachada da residência Antônio D'Elboux, Carlos Millan (Foto: Acervo/PROJETO)

Brutalismo caboclo e as residências paulistas | Por Marlene Milan Acayaba

Mário de Andrade escreveu em 1921, numa atitude premonitora: “Quero crer que São Paulo será o berço duma fórmula de arte brasileira porque é bom acreditar em alguma cousa”. Eram tempos de mudança e a cidade despontava no panorama cultural do país.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Por apenas R$ 2,99 mensais, você tem acesso ao conteúdo completo do acervo da revista PROJETO, com mais de 7.000 obras, projetos, entrevistas e artigos

Clique e assineJá sou assinante