Balanço de década: Projetos de interiores nos anos 90

Uma década voltada para dentro

Os interiores de escritórios também tiveram uma fase bastante fértil. Para isso contribuíram a instalação no país de empresas multinacionais, as agências de publicidade e, já no final da década, o surgimento dos espaços que abrigam a chamada nova economia – basicamente, firmas ligadas à Internet.As lojas de mobiliário e decoração, implantadas em sua maioria em São Paulo, distinguem-se das demais. A primeira grande loja construída no período foi a Formatex (1989/91), de tecidos, projetada pelo escritório CVS Arquitetos, com volume de concreto que lembra as obras do japonês Tadao Ando. Mas o maior destaque fica com a Forma (1988/93; PD 175), de Paulo Mendes da Rocha. A loja, que comercializa mobiliário internacional, possui dois pisos sobre pilotis, permitindo ao térreo liberado servir de estacionamento. O projeto demonstra a engenhosidade do arquiteto, com a sutil interação de concreto e metal na estrutura.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Por apenas R$ 2,99 mensais, você tem acesso ao conteúdo completo do acervo da revista PROJETO, com mais de 8.000 obras, projetos, entrevistas e artigos

Assine por R$ 2,99 mensaisJá sou assinante