AsBEA 2016 – Prêmio Roberto Aflalo

A qualidade, produtividade e inquietação da arquitetura do FGMF Arquitetos foi merecedora da condecoração máxima desta edição do Prêmio AsBEA, concedida ao conjunto da obra dos arquitetos paulistanos. Uma conquista que tem muito a dizer sobre a maturidade profissional deste escritório que, surgido em 1999, comemorou recentemente seus quinze anos de existência

O ano de 2016 termina como momento marcante na carreira do FGMF Arquitetos, escritório paulistano de arquitetura liderado por Fernando Forte, Lourenço Gimenes e Rodrigo Marcondes Ferraz. Simultaneamente à distinção máxima que alcançaram neste Prêmio AsBEA – o Prêmio Roberto Aflalo, pelo conjunto da obra – o trio de arquitetos formados pela FAU/USP lançou em novembro o livro comemorativo pelos seus quinze anos de atuação, completados em 2015, no qual apresentam um apanhado da sua prolífica atuação, que já computa mais de 350 projetos desenvolvidos. São casas, escritórios, edifícios residenciais e comerciais, fábricas, peças de mobiliário, projetos de intervenção urbana, sedes de clubes, entre outros. Uma proposta de escalas e programas variados, desenvolvidos com o espírito investigativo de um estúdio, mas amparados pela regularidade de uma organização empresarial.   

Conteúdo exclusivo para assinantes

Por apenas R$ 2,99 mensais, você tem acesso ao conteúdo completo do acervo da revista PROJETO, com mais de 7.000 obras, projetos, entrevistas e artigos

Clique e assineJá sou assinante