O alemão Andreas Hempel reconhece a vitória de Lerner e ergue o braço do arquiteto brasileiro

Um balanço do Congresso da UIA | Por Manuel Cuadra

Não, os que não vieram a Berlim não perderam muito. Tampouco a BDA-Associação de Arquitetos da Alemanha, que organizou o evento, pode estar satisfeita com os resultados alcançados

As causas da insatisfação não estão apenas no número reduzido de participantes – dos 8 mil a 10 mil visitantes esperados vieram pouco mais de 5 mil – nem no déficit que o congresso deixa como conseqüência.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Por apenas R$ 2,99 mensais, você tem acesso ao conteúdo completo do acervo da revista PROJETO, com mais de 8.000 obras, projetos, entrevistas e artigos

Assine por R$ 2,99 mensaisJá sou assinante