Quarteirão no bairro Auxiliadora, Porto Alegre, 1941: edificações têm interfaces com os domínios públicos e privados

Reflexões sobre o quarteirão urbano | Por Douglas Aguiar

O estudo de um conjunto de quarteirões em diferentes bairros de Porto Alegre permitiu a análise crítica da situação atual da cidade na escala dessa unidade.

No imaginário do habitante urbano, o quarteirão tende a ser percebido como uma casa maior, local onde se estabelece uma inevitável interface dos interesses individuais com as demandas coletivas de acomodação espacial.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Por apenas R$ 2,99 mensais, você tem acesso ao conteúdo completo do acervo da revista PROJETO, com mais de 8.000 obras, projetos, entrevistas e artigos

Assine por R$ 2,99 mensaisJá sou assinante