Planta do Museu de Belas-Artes, São Paulo: o que o projeto de Armando Álvares Penteado está fazendo nos arquivos de Perret, no Institut Français d'Architecture, em Paris?

O paradoxo de Perret em São Paulo | Por Fernando Serapião

Em 2004, comemoram-se 50 anos da morte de Auguste Perret (1874-1954), um dos maiores arquitetos da primeira metade do século 20. Com isso, aumentou o interesse acerca de seu trabalho: exposições, livros com as obras completas, publicações com seus textos etc

Existe no Brasil um edifício desenhado por Auguste Perret. Mas não adianta correr para os almanaques das academias tupiniquins, consultar os livros de história da arquitetura no Brasil ou buscar no Google, pois essa informação não se encontra em lugar nenhum. É só ir até a rua Alagoas, 903, e olhar o prédio da Fundação Armando Álvares Penteado (Faap), em São Paulo. Ei-lo.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Por apenas R$ 2,99 mensais, você tem acesso ao conteúdo completo do acervo da revista PROJETO, com mais de 7.000 obras, projetos, entrevistas e artigos

Clique e assineJá sou assinante