Ana Luísa Lloyd e Sérgio Palhares: Residência, Rio Acima-MG

Como uma asa-delta
A proposta criou volumes diferentes entre si, com ângulos e recortes que definem fachadas dinâmicas, e fechamentos que alternam o transparente e o opaco.
Vista da rua, a casa mostra apenas o acesso e os panos laterais de alvenaria; na face oposta, a angulosa sala de estar é totalmente delimitada por vidros temperados, que asseguram vista para a mata e a grande lagoa.O terreno acidentado teve seu perfil preservado pela implantação da casa sobre um platô curvo que brinca com as noções de limites físicos ao promover uma transição quase imperceptível entre interior e exterior. Elevado na parte posterior, ele funciona como mais um elemento na garantia da privacidade.
Internamente, a casa mostra organização espacial bastante flexível, articulada pela grande bancada de concreto em forma de T.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Por apenas R$ 2,99 mensais, você tem acesso ao conteúdo completo do acervo da revista PROJETO, com mais de 7.000 obras, projetos, entrevistas e artigos

Clique e assineJá sou assinante