Rua Nova do Carmo, armazéns do Chiado

Álvaro Siza: reconstrução do centro de Lisboa

A reconstrução do centro antigo de Lisboa, do qual boa parte foi consumido pelo fogo, vai demorar cinco anos. Apesar de a polêmica sobre como ela se dará ainda estar no começo, o responsável pelo plano de reconstrução já foi escolhido: Álvaro Siza Vieira, da cidade do Porto.

Madrugada. 25 de agosto, 1988. Verão. Céu limpo. Uma parte antiga de Lisboa, destruída por um poderoso terremoto em 1755 e reconstruída um ano depois sob as ordens de um tirano – marquês de Pombal -, era novamente arrasada, dessa vez pelo fogo. Aí tinha início uma velha história, uma história que arruinou Londres em 1666 – àquela época, uma cidade de madeira – para projetar o nome de um influente arquiteto da corte: Wren. Uma velha história, que pode facilmente ser reproduzida em muitas cidades europeias.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Por apenas R$ 2,99 mensais, você tem acesso ao conteúdo completo do acervo da revista PROJETO, com mais de 7.000 obras, projetos, entrevistas e artigos

Clique e assineJá sou assinante