Algumas considerações sobre o trabalho de Jair Inácio, o maior restaurador do Brasil | Por Benedito Lima de Toledo

No dia 4 de agosto de 1982 faleceu, em Ouro Preto, Jair Afonso Inácio, o maior restaurador que o Brasil conheceu. Foi encontrado morto na calçada da Estrada das Lages, próximo ao seu atelier. Morreu com a discrição com que viveu. A Jair devemos trabalhos primorosos de restauração e, graças a seu agudo senso de observação, a redescoberta de obras do maior significado para nossa história da arte.

Jair Afonso Inácio (Foto: Acervo FAOP)

 

Conteúdo exclusivo para assinantes

Por apenas R$ 2,99 mensais, você tem acesso ao conteúdo completo do acervo da revista PROJETO, com mais de 7.000 obras, projetos, entrevistas e artigos

Clique e assineJá sou assinante