(Foto: Hugo Segawa)

Abraão Assad, Célia Bim, Simone Soares: Rua 24 Horas, Curitiba

No Brasil, são raros os centros urbanos que apresentam atividade constante. A regra para essas áreas, que dispõem de boa infraestrutura e concentram diversos tipos de serviços e comércio, é funcionar intensamente de dia e permanecer ociosa e sem vida à noite. Não existem sequer pequenos núcleos ou alguns pontos com lojas abertas após o pôr-do-sol e durante a madrugada.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Por apenas R$ 2,99 mensais, você tem acesso ao conteúdo completo do acervo da revista PROJETO, com mais de 7.000 obras, projetos, entrevistas e artigos

Clique e assineJá sou assinante