A arquitetura brasileira nos anos 90: Habitação coletiva

Conjuntos habitacionais revelam valorização do desenho urbano

Embora representem o maior percentual da construção civil brasileira, os edifícios residenciais de médio e alto padrão deixam muito a desejar em qualidade de arquitetura – com algumas exceções. Os programas para a construção de habitações para a população de baixa renda não conseguem sequer se aproximar do déficit habitacional, um número controvertido que já bateu em 12 milhões de unidades e atualmente está estimado em cerca de 5 milhões.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Por apenas R$ 2,99 mensais, você tem acesso ao conteúdo completo do acervo da revista PROJETO, com mais de 7.000 obras, projetos, entrevistas e artigos

Clique e assineJá sou assinante