4ª BIA – Megacidades 2000

São Paulo, Tóquio, Hong Kong e Shangai em discussão na China: dez escolas paulistas levam seus projetos.

O urbanismo nas megalópoles, definição dada às conurbações que atingem 25 cidades no mundo, será o centro das discussões do seminário Megacidades 2000, que ocorrerá em Hong Kong, China, entre 8 e 10 de fevereiro próximo, centrado em quatro megacidades – Hong Kong, Shangai (China), São Paulo e Tóquio (Japão). O evento discutirá projetos arquitetônicos e urbanísticos a partir de três temas (história e cultura; ambiente e tecnologia; e desenho urbano), com ênfase no desenvolvimento sustentável. Hong Kong tem um dos maiores centros de estudos sobre esse assunto, coordenado por Stephen Lau, professor do Departamento de Arquitetura da Universidade de Hong Kong e coordenador do Centro de Arquitetura e Desenho Urbano para a China e Hong Kong. Lau, em visita a São Paulo em 1998, propôs e o arquiteto e professor da FAU/USP Bruno Roberto Padovano aceitou organizar, em 1998 e 1999, uma série de debates para o projeto São Paulo Megacidade 2000, preparatório ao evento de Hong Kong. Dez faculdades de arquitetura e urbanismo da Grande São Paulo propuseram soluções para áreas específicas da região e regiões vizinhas. A Empresa Metropolitana de Planejamento (Emplasa) colaborou em itens específicos, junto com a Fundação para a Pesquisa Ambiental (Fupam). A seguir, um resumo dos projetos.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Por apenas R$ 2,99 mensais, você tem acesso ao conteúdo completo do acervo da revista PROJETO, com mais de 7.000 obras, projetos, entrevistas e artigos

Clique e assineJá sou assinante